Destaques:

Agora ficou mais fácil acessar o site da Telstar!
Acesse pelo endereço:

telstar.com.br

Sobre a Telstar  

 

Fundada em 1973, a Telstar Abrasivos Ltda é uma empresa nacional que sempre foi sinônimo de qualidade. Desde o início a Telstar trabalha na evolução de seus produtos e serviços com apoio nas tecnologias mais atuais disponíveis. 


A sólida estrutura da Telstar, sempre foi a base para o aperfeiçoamento de seus produtos e serviços, e com isso, ao longo dos anos, firmou grandes parcerias e conquistou confiança dos clientes e fornecedores.

 

 

1973

Desde 1973

 

44

Anos de História

 

2000

Clientes Satisfeitos

 

650

Ampla Linha de Produtos

 

Embalagens otimizadas que facilitam e agilizam os estoques e o ponto de venda.

Máquinas e equipamentos modernos, que acompanham as especificações dos produtos em tempo real.

A Telstar desenvolveu sua própria fabricação de telas de fibra-de-vidro, utilizadas como reforço dos discos abrasivos.

A Telstar foi pioneira na fabricação nacional de discos extra-finos, com a reconhecida linha Fine Cut.

ISO9001 e normas específicas para abrasivos são rigorosamente seguidas pela Telstar.

Equipe de colaboradores capacitados para atender as suas necessidades.

Vídeos  

 

Mais conteúdo em:

Facebook

Downloads  

Utilização e Segurança

Antes de utilizar ou manusear qualquer produto abrasivo, deve-se ler e seguir atentamente as orientações, bem como a norma ABNT NBR 15230.

Catálogo Virtual

Catálogo de produtos com códigos, especificações, informações de aplicação e ilustrações.
Arquivo em formato PDF

Lista de Produtos (.xls)

Arquivo XLS com diversas informações dos produtos, como códigos, códigos de barras, embalagens, entre outros, tudo para facilitar a importação para seu banco de dados.

Fotos das Linhas de Produtos

Pacote com as fotos de nossas linhas de produtos para que você possa incluir em seus catálogos, sites, propagandas. Imagens ilustrativas.

Fichas Técnicas

Pacote com as fichas técnicas de nossos produtos.

LINHA DE PRODUTOS  

Fine Cut

Corte Extra-fino (Tipo 41)
Materiais ferrosos e aço inox
– Corte rápido, frio e sem rebarbas
– Alto rendimento
– Exige mínimo esforço do operador e da máquina
– Economia de material à ser cortado
– Excelente comercialização

Alo

Corte (Tipo 41) e Desbaste (Tipo 27)
Aços e materiais ferrosos
– Ótimo rendimento
– Diversidade dimensional completa
– Preço competitivo
– Alta comercialização

Flap

Desbaste (Tipo 27)
Materiais ferrosos e aço inox
– Excelente poder de remoção
– Baixa contaminação do material
– Baixa vibração
– Indicado para trabalhos pesados, exigentes e rápidos

Fort

Corte (Tipo 41) e Desbaste (Tipo 27)
Aços e materiais Ferrosos
– Linha industrial de alto desempenho
– Estrutura reforçada
– Indicado para trabalhos pesados e exigentes

Inox

Corte (Tipo 41) e Desbaste (Tipo 27)
Aços inox, temperados e cementados
– Baixa geração de calor
– Baixa contaminação do material
– Linha industrial de alto desempenho
– Estrutura reforçada

Multiuso

Corte, Desbaste e Acabamento (Tipo 42 e 27)
Materiais ferrosos e aço inox
– O mesmo produto realiza 3 tarefas distintas (Corte, Desbaste e Acabamento)
– Evita troca constante de produto por aplicação. Grande economia de mão de obra.
– Indicada para trabalhos leves
– Corte rápido, frio e sem rebarbas
– Exige mínimo esforço do operador e da máquina

Multimaterial

Corte Exta-fino(Tipo 41)
Materiais ferrosos, não ferrosos (Alumínio, Bronze, Latão), cerâmicos, alvenarias e PVC
- Aplicação em diversos tipos de materiais com o mesmo disco
- Corte rápido, frio e sem rebarbas
- Exige mínimo esforço do operador e da máquina

Refratário

Corte (Tipo 41) e Desbaste (Tipo 27)
Cerâmicas, alvenarias, concreto e pedras
- Ótimo rendimento
- Preço competitivo
- Alta comercialização

TGF

Corte (Tipo 41), Desbaste e Acabamento (Tipo 27)
Ferros Fundidos, Granitos, Pedras, Alvenarias
- Aplicação em diversos tipos de materiais
- Linha industrial de alto desempenho
- Estrutura Reforçada
- Indicado para trabalhos pesados e exigentes

Rebolos Vitrificados

Reto (Tipo 1) e Chanfrado (Tipo 3 - Faca)
- Amplas linhas, com Medidas e Granulometrias que atendem suas necessidades
- Alto rendimento, poder de remoção e acabamentos

Rebolos Copo (Marmorista)

Copo Cônico (Tipo 11) e Copo Reto (Tipo 6)
Mármores, Granitos, Pedras e materiais não ferrosos
- Linha marmorista de ótimo custo benefício
- Variedade granulométrica que atende suas necessidades
- nnono non on on on on on on on on on ono n
– Estrutura reforçada

Multiuso

Corte, Desbaste e Acabamento (Tipo 42 e 27)
Materiais ferrosos e aço inox
– O mesmo produto realiza 3 tarefas distintas (Corte, Desbaste e Acabamento)
– Evita troca constante de produto por aplicação. Grande economia de mão de obra.
– Indicada para trabalhos leves
– Corte rápido, frio e sem rebarbas
– Exige mínimo esforço do operador e da máquina


Utilização Segura  

tipos

 

Fonte: Norma ABNT NBR 15230

epi

Instruções de Segurança

Armazenamento e Manuseio

Os produtos abrasivos podem perder suas propriedades e se tornar ineficientes para o trabalho, se armazenados ou utilizados em desacordo com a norma ABNT NBR 15230.
A possibilidade de danificar estes produtos em estoque aumenta com o tempo e a forma de estocagem.
Importante Observar
– Se houver suspeita de queda ou de que o produto tenha sido danificado, ele deve ser inutilizado.
– Os produtos não devem ser rolados no chão, como se fosse uma roda ou aro.
– Manter os produtos na embalagem original e armazenados cuidadosamente em prateleiras, estantes ou superfícies adequadas. (figura ao lado)
– Seguir a rotatividade de lotes, utilizando sempre o lote mais antigo primeiro.
– Não expor os produtos à condições de temperatura e umidade extremas.
– Não utilizar os produtos juntamente com água, solventes ou outros produtos químicos.

Montagem

– Verificar as instruções de segurança do fabricante da máquina à ser utilizada.
– Desconectar a máquina da rede elétrica, para que não ligue acidentalmente.
– Fazer uma inspeção visual no produto antes de acoplá-lo à máquina, verificando a existência de trincas, imperfeições, falta de componentes (rótulo, telas de reforço, anel metálico), ou qualquer outro fator que impossibilite seu uso.
– Verificar se o produto é adequado para o trabalho a ser executado, tipo de aplicação (corte, desbaste, afiação…) e também o tipo de material a ser trabalhado.
– Ao instalar o produto na máquina, utilizar somente equipamentos adequados e aprovados pelo fabricante da mesma.
– Verificar se, diâmetro, furo e espessura do produto, estão compatíveis com capa de proteção, flanges e eixo da máquina.
– Nunca retirar as proteções originais da máquina.
– O (rotação por minuto – RPM) do eixo da máquina, não pode ser superior ao especificado no rótulo do produto.
– Fixar corretamente a peça obra, evitando travamento, torções ou deslizamento da mesma.
– Não forçar excessivamente o produto na máquina, tanto na colocação, quanto no aperto da porca de fixação.
A montagem correta adotando as medidas acima evita acidentes e favorece o desempenho do produto.

Utilização Discos de Corte (Tipo 41 e 42)

– Sempre utilizar os discos de corte ao ângulo de 90º da peça obra (Figura ao lado).
– Nunca utilizar a lateral do disco para rebarbar peças, afiar ferramentas, entre outros.
– O operador deve posicionar-se fora da linha de trabalho do disco e manter-se do lado fechado da capa de proteção da máquina.
A utilização correta das ferramentas abrasivas é fundamental tanto para garantir a segurança do usuário quanto para obter o melhor resultado do trabalho executado.
– Sempre trabalhar em local isolado, mantendo a integridade física de outras pessoas.
– Não causar impacto da ferramenta abrasiva na peça obra ou qualquer outro local.
– Não utilizar a ferramenta abrasiva com força excessiva sobre a peça obra.
– Operar o produto sem carga pelo período mínimo de 1 (um) minuto, e observar possíveis desalinhamentos, vibrações ou danos. Durante este tempo, o usuário deve permanecer fora da linha de giro do produto e na área protegida pela capa de proteção. Detectada qualquer anormalidade, suspender o uso até que sejam feitas as devidas correções.
– Nunca reutilizar ferramentas abrasivas.

Utilização Discos de Desbaste e Flaps (Tipo 27)

– Sempre utilizar os discos de desbaste com a depressão voltada para a máquina e ao ângulo de 30º à 45º da peça obra (Figura ao lado).
A utilização correta das ferramentas abrasivas é fundamental tanto para garantir a segurança do usuário quanto para obter o melhor resultado do trabalho executado.
– Sempre trabalhar em local isolado, mantendo a integridade física de outras pessoas.
– Não causar impacto da ferramenta abrasiva na peça obra ou qualquer outro local.
– Não utilizar a ferramenta abrasiva com força excessiva sobre a peça obra.
– Operar o produto sem carga pelo período mínimo de 1 (um) minuto, e observar possíveis desalinhamentos, vibrações ou danos. Durante este tempo, o usuário deve permanecer fora da linha de giro do produto e na área protegida pela capa de proteção. Detectada qualquer anormalidade, suspender o uso até que sejam feitas as devidas correções.
– Nunca reutilizar ferramentas abrasivas.

Utilização Rebolos Retos (Tipo 1)

– Utilizar o rebolo com o rótulo original.
– Realizar o teste de som para identificar possíveis trincas ou danos.
– Sempre utilizar buchas de redução compatíveis com o furo do rebolo e o eixo da máquina.
– Verificar se o suporte da máquina (para apoiar a peça obra) está ajustado adequadamente a uma distância máxima 3,0 mm do rebolo.
A utilização correta das ferramentas abrasivas é fundamental tanto para garantir a segurança do usuário quanto para obter o melhor resultado do trabalho executado.
– Sempre trabalhar em local isolado, mantendo a integridade física de outras pessoas.
– Não causar impacto da ferramenta abrasiva na peça obra ou qualquer outro local.
– Não utilizar a ferramenta abrasiva com força excessiva sobre a peça obra.
– Operar o produto sem carga pelo período mínimo de 1 (um) minuto, e observar possíveis desalinhamentos, vibrações ou danos. Durante este tempo, o usuário deve permanecer fora da linha de giro do produto e na área protegida pela capa de proteção. Detectada qualquer anormalidade, suspender o uso até que sejam feitas as devidas correções.
– Nunca reutilizar ferramentas abrasivas.

Utilização Rebolos Copos (Tipo 11 e 6)

A utilização correta das ferramentas abrasivas é fundamental tanto para garantir a segurança do usuário quanto para obter o melhor resultado do trabalho executado.
– Sempre trabalhar em local isolado, mantendo a integridade física de outras pessoas.
– Não causar impacto da ferramenta abrasiva na peça obra ou qualquer outro local.
– Não utilizar a ferramenta abrasiva com força excessiva sobre a peça obra.
– Operar o produto sem carga pelo período mínimo de 1 (um) minuto, e observar possíveis desalinhamentos, vibrações ou danos. Durante este tempo, o usuário deve permanecer fora da linha de giro do produto e na área protegida pela capa de proteção. Detectada qualquer anormalidade, suspender o uso até que sejam feitas as devidas correções.
– Nunca reutilizar ferramentas abrasivas.

Utilização Pontas Montadas

A utilização correta das ferramentas abrasivas é fundamental tanto para garantir a segurança do usuário quanto para obter o melhor resultado do trabalho executado.
– Sempre trabalhar em local isolado, mantendo a integridade física de outras pessoas.
– Não causar impacto da ferramenta abrasiva na peça obra ou qualquer outro local.
– Não utilizar a ferramenta abrasiva com força excessiva sobre a peça obra.
– Operar o produto sem carga pelo período mínimo de 1 (um) minuto, e observar possíveis desalinhamentos, vibrações ou danos. Durante este tempo, o usuário deve permanecer fora da linha de giro do produto e na área protegida pela capa de proteção. Detectada qualquer anormalidade, suspender o uso até que sejam feitas as devidas correções.
– Nunca reutilizar ferramentas abrasivas.


Contato  

Av. Theodoro Gogolla, nº 447 – Distrito Industrial – Vinhedo / SP – CEP 13288-178

55 (19) 3856-9173